Amor Materno 9

Alvoroço na vizinhança. Fumaça. Muita Fumaça. Alguém ligou para o 192. Em frente à casa esfumaçada, uma garotinha de seis anos. Em seus braços um bebê. Lágrimas nos olhos e olhar fixo na porta da residência. Os primeiros vizinhos que se aproximam dela ouvem seu pedido: Acorda minha mãe! Três homens, antes da chegada dos bombeiros, entram na residência. Uma mulher sem consciência estirada no chão. Muita fumaça saindo do colchão. Largado sobre ele, um cachimbo de crack.

ZeRo S/A



Escrito por ZeRo S/A às 00h45
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]





Meu perfil
BRASIL, Sudeste, GUARULHOS, Homem, de 36 a 45 anos, Portuguese, English
MSN - jrosasil@yahoo.com.br



Histórico
    Votação
    Dê uma nota para meu blog


    Outros sites
    BIZARRO DESLUMBRE
    Zero S/A Letraouvida
    Feita Em Versos
    Moacir Caetano
    Papirus
    Rasuras Sobreviventes
    Colcha de Retalhos
    Retalhos e Pensamentos
    Ramon
    Escúchame Porra!
    Giramundo, Gira Eu, Girassol
    Marcelo Brettas
    Rima Como Matéria-Prima
    O Muro
    Ensaios do Eu
    Poetas de Guarulhos
    Microcontos - Blog Público